02:02 am - terça-feira, 17 outubro , 2017

Archive: Saúde Subscribe to Saúde

Guarujá: Secretaria de Saúde adota nova linha de cuidado para autistas

Publicado Por | 24/03/2017 | 0
autismo site 800x410 GUARUJA
Segundo a Coordenadoria Municipal de Saúde Mental é possível identificar precocemente outras deficiências e transtornos, que só seriam percebidos na adolescência Quanto mais cedo uma criança com autismo for diagnosticada, mais rápido se pode trabalhar para que ela tenha uma melhor qualidade de vida. Foi pensando nisso que a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Atenção Psicossocial (Raps) realiza, desde o início do ano, um novo protocolo do Ministério da Saúde: uma linha de cuidado de atenção às pessoas que possuem Transtorno do Espectro Autista (TEA). A Rede de Atenção Psicossocial trata da saúde mental e é formada pelos serviços de Atenção Básica (Unidade Básica de Saúde e Unidade de Saúde da Família), os serviços de especialidades (Centro de Atenção

Baixada Santista tem a pior taxa de mortalidade infantil do Estado

Publicado Por | 29/10/2016 | 0
Bertioga apresenta os melhores índices da região, 
com 8,2 casos a cada mil nascimentos (Reprodução gravidezbebe.com.br)
O número é mais alto também que os das taxas estadual e nacional. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde e Fundação Seade A taxa de mortalidade infantil da Baixada Santista teve queda de 34% nos últimos 15 anos. Ainda assim, representa o pior índice entre todas as regiões administrativas de São Paulo. O número é mais alto também que os das taxas estadual e nacional. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde e Fundação Seade. A região teve 14,6 óbitos a cada mil nascidos vivos ano passado, com 25.219 bebês nascidos e 369 mortes. Em 2000, o índice era superior a 22. Conforme a Organização Mundial de Saúde, as cidades deveriam ter um desempenho de até dez óbitos para cada mil crianças nascidas vivas – algo que só foi alcançado

Dislexia atinge mais de 5% da população mundial

Publicado Por | 01/08/2016 | 0
Divulgação
Especialista alerta para os sintomas e tratamentos CURITIBA, 29/07/2016 – A Dislexia não precisa  ser tratada como doença, já que se trata de um distúrbio genético e neurobiológico, que não tem ligação alguma com a preguiça, falta de atenção ou má educação. O que acontece com a pessoa que tem dislexia é uma desordem das informações recebidas, que acabam inibindo o processo de entendimento das letras e interferindo na escrita. O processo de leitura e escrita, por exemplo, exige duas funções do cérebro, e o disléxico possui uma limitação em uma delas. Atualmente o distúrbio atinge mais de 5% da população mundial, segundo dados da Associação Brasileira de Dislexia. Dificuldades para ler, escrever ou soletrar podem ser sinais de alerta. Segundo a psicopedagoga,

Prefeitura convoca mais 56 agentes para atuar nos bairros

Publicado Por | 30/01/2016 | 0
Foto: PMB | Marcos Pertinhes
Agentes que integram a Estratégia de Saúde da Família (ESF) vão atuar no Indaiá, Chácaras, Vista Linda e Jardim Vicente de Carvalho  Mais 56 candidatos aprovados no processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde, realizado em setembro de 2014, foram convocados pela Prefeitura de Bertioga para exames médicos admissionais, e no prazo de 30 dias deverão ser chamados para iniciar os treinamentos e, posteriormente, os trabalhos nos bairros Jardim Vicente de Carvalho, Chácaras, Vista Linda e Indaiá. Os agentes vão integrar a Estratégia de Saúde da Família e, de acordo com a secretária interina de Saúde de Bertioga, Maria José Sanz Sogayar, eles participarão, também, das ações ostensivas contra a dengue, em parceria com a Coordenadoria de Vetores e Dengue do Município.

Nova aposentadoria – veja guia sobre mudanças

Publicado Por | 07/12/2015 | 2
casal idosos tirando Self
Já está valendo a nova regra relacionada às aposentadorias dos brasileiros conhecida como Fórmula 85/95, a regra que já estava vigente para a aposentadoria integral. Com isso se mantém a possibilidade da Revisão do 85/95, com a tabela progressiva que será acrescida em 1 ponto até 2027. Mas, no que isso vai beneficiar os trabalhadores? Ocorre que a partir da Fórmula do 85/95 os futuros aposentados poderão ter seus ganhos elevados. Assim, por exemplo, muitas mulheres que se aposentaram com 55 de idade e os 30 de contribuição e agora com aprovação poderão solicitar um benefício maior. Assim, para entender melhor o tema a G. Carvalho Sociedade de Advogados, preparou um rápido guia sobre os impactos dessa mudança para a população: Entenda essa reforma na aposentadoria O governo

Peruíbe e Bertioga não têm leitos de UTI neonatal, aponta IBGE

Publicado Por | 01/09/2015 | 0
Divulgação
As cidades de Peruíbe e Bertioga não possuem estabelecimentos públicos ou conveniados ao SUS com leitos de UTI neonatal. É o que aponta a Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic) 2014, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo traça um perfil dos municípios brasileiros em oito tópicos: Recursos Humanos por vínculo e escolaridade, Comunicação e informática, Educação, Saúde, Diretos Humanos, Segurança Pública, Segurança Alimentar e Nutricional e Vigilância Sanitária. De acordo com o levantamento, 5.570 municípios do País, 93,4%, não possuem tal especialidade. Entretanto, na Baixada Santista, apenas Bertioga e Peruíbe estão inclusos na porcentagem. As duas cidades são também as únicas da Região que não possuem estabelecimentos

SUS oferece tratamento de graça contra tabagismo

Publicado Por | 29/08/2015 | 0
Foto: EBC
O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável. No Brasil, todo ano são cerca de 200 mil mortes, de acordo com levantamento do Ministério da Saúde. Para conscientizar e mobilizar a população sobre os riscos do uso do cigarro, o dia 29 de agosto foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Fumo. As unidades públicas de saúde oferecem tratamento de graça para quem deseja parar de fumar, com acompanhamento médico e medicação. SAIBA MAIS: Saiba quais são os riscos que o fumo traz ao organismo humano Anvisa publica novas regras de advertência em maços de cigarro Dia Nacional de Combate ao Fumo: campanha alerta para malefícios do narguilé o Dia Nacional de Combate ao Fumo, lembrado hoje (29), governo e entidades

Campanha contra a poliomielite vacina 45,76% do público alvo no Dia ‘D’

Publicado Por | 18/08/2015 | 0
Foto: PMB | Marcos Pertinhes | Divulgação
Campanha segue até o próximo dia 31 nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município. Meta de Bertioga é vacinar 3.848 crianças de 6 meses a a 05 anos incompletos O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite resultou na imunização de 1.761 crianças em Bertioga, segundo informações da Secretaria de Saúde da Prefeitura, por meio da Vigilância Epidemiológica. Ao todo, 45,76% do público alvo foi vacinado. A meta do Município é vacinar, ao fim do prazo, 3.848 crianças de 6 meses a 5 anos incompletos. A Campanha, que segue até o próximo dia 31, está vacinando, agora, somente nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município, com exceção da UBS Indaiá, que está em reforma e só funcionou no sábado (15). O atendimento é das 8 às 17 horas. Para

Diagnóstico: negativo!

Publicado Por | 17/08/2015 | 0
Marcial Carlos Ribeiro diretor presidente do Hospital Sao Vicente FUNEF de Curitiba PR
Marcial  Carlos Ribeiro (*) A situação dos hospitais filantrópicos brasileiros vai de mal a pior. Altas dívidas bancárias e grandes problemas administrativos compõem o cenário deste serviço que, em teoria, deveria ser exemplo nacional de sucesso.   Em Curitiba, por exemplo, as dívidas bancárias chegam a assustar. O Hospital Evangélico possui cerca de R$ 80 milhões em débitos acumulados. O Pequeno Príncipe, referência nacional em saúde infantil, são R$ 18 milhões em dívidas. A Santa Casa responde por R$ 18 milhões e, o Hospital São Vicente – FUNEF, possui dívida de R$ 7,5 milhões. Isso sem contar os juros que estão sendo pagos que refletem diretamente na qualidade dos serviços prestados à população. São cinco milhões de reais gastos com despesas mensais

Hospital Emílio Ribas do Guarujá terá nova gestão

Publicado Por | 29/06/2014 | 0
Foto: Divulgação FUABC
Terapia Intensiva será inaugurada com sete leitos já no primeiro mês de trabalho. Até o final do ano unidade funcionará com 100% da capacidade  Com mais de 45 anos dedicados ao ensino, pesquisa e assistência à saúde, a Fundação do ABC expande fronteiras e dá início em 1º de julho próximo (terça-feira) à gestão plena do Instituto de Infectologia Emílio Ribas II – hospital estadual especializado em doenças infectocontagiosas. A nova parceria com a Secretaria de Estado da Saúde marcará a entrada da FUABC no Guarujá e ampliará a presença da entidade no Litoral Paulista, onde já administra o Hospital e Pronto-Socorro Central de Bertioga, assim como o Ambulatório Médico de Especialidade (AME) de Praia Grande e o Complexo Municipal Irmã Dulce, na mesma cidade. Vocacionado