01:51 am - quinta-feira, 24 abril , 2014

Restituição do Imposto de Renda :consulta ao primeiro lote se inicia nesta sexta feira…

Publicado Por | 07/06/2012 | 0
Quarta-feira, 6 de junho de 2012 – 16h01

Restituição

Consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda começa na sexta

A Receita Federal deve liberar na sexta-feira a consulta ao primeiro lote regular da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2012. Este ano, aproximadamente 25,24 milhões de contribuintes enviaram a declaração, frente aos 24,3 milhões do ano passado.

A liberação das restituições no banco começa no dia 15 próximo e vai até 17 de dezembro, com lotes regulares liberados a cada mês.

> Liberação do IR pode ter efeito positivo sobre economia

Embora a prioridade seja para quem tem mais de 60 anos, preencheu a declaração corretamente e a enviou nos primeiros dias do prazo, em março, nada impede, segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, que outros contribuintes sejam incluídos nos primeiros lotes de restituição pela Receita.

O prazo para a entrega da declaração terminou em 30 de abril. Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita ou ligar para o Receitafone 146.

De acordo com a Receita, os contribuintes com direito à restituição podem receber o aviso da liberação do dinheiro por mensagem de texto enviada para o telefone celular, previamente cadastrado.

A mensagem será remetida sempre que a restituição for disponibilizada para resgate.

O contribuinte poderá cancelar ou alterar o número do celular para o recebimento da mensagem SMS por meio de cadastro feito pela internet.

Isenção do PLR

Representantes das centrais sindicais não aceitaram a proposta apresentada pelo governo para isentar de Imposto de Renda a participação nos lucros e resultados (PLR) recebida pelos trabalhadores.

Entre os pontos em desacordo estão a faixa salarial de isenção total e o início de vigência da medida.

A proposta apresentada foi de isenção total para quem recebe até R$ 5 mil de PLR, de acordo com o presidente em exercício da Força Sindical, Miguel Torres. Os sindicalistas acharam o valor um retrocesso e entregaram uma contraproposta para quem recebe até R$ 10 mil de PLR. A partir desse valor, a isenção seria escalonada.

 

Matérias relacionadas

email
Categoria: Artigo, Geral

Sem Comentários ainda.

Deixe seu Comentário