01:43 am - quarta-feira, 13 dezembro , 2017

O nosso tributo e homenagem a Professora e escritora “Dama da Sociedade” ,Valentina Holf Leonel Vieira que morre aos 97 anos , no “Dia da professora”

Publicado Por | 15/10/2012 | 0
N_135614863477


Segunda-feira, 15 de outubro de 2012 – 13h56
Aos 97 anos
‘Dama da sociedade’, Valentina Wolf morre em Santos

Atualizado às 17 horas

A professora e escritora Valentina Wolf Leonel Vieira morreu, aos 97 anos, na madrugada desta segunda-feira. A educadora foi considerada por várias gerações ‘a grande dama’ da sociedade de Santos.

Mineira de Jacutinga, Valentina era a mais velha dos irmãos Wolf, que sempre se destacaram na Cidade pelo envolvimento social e cultural em suas atividades. Considerada símbolo de elegância e refinamento, foi professora de etiqueta para muitos e chegou a escrever livros sobre o tema, dos quais adorava falar e incentivar novos hábitos, sempre com toque de classe.

A professora morava em Santos desde 1936, quando conheceu e casou-se com Homero Leonel Vieira, depois de passar uma temporada na Cidade, em visita a uma tia. O casal teve quatro filhos: Eduardo, Roberto, Homero e José Augusto.

Em 1948, junto ao marido, foi diretora do Tênis Clube de Santos. Valentina também se dedicava a trabalhos sociais, como o Centro de Valorização da Vida.

Professora de etiqueta moderna e postura, estudou Civilização e Cultura Francesa na Universidade de Sorbonne, em Paris.

Nos últimos anos, com invejável jovialidade, apesar da idade, costumava dizer que não era saudosista. “O passado foi lindo, mas passou”, disse certa vez, durante entrevista.

O neto, Ricardo Leonel Vieira demonstrou a admiração pela avó. “Era uma pessoa querida, que atravessou várias gerações e fez amigos de todas as idades e setores. É uma saudade enorme”.

A irmã, Thereza Bueno Wolf diz que Valentina não queria que chorassem. “Ela foi uma irmã muito querida, cuidadosa e boa. Temos as melhores lembranças.”.

O sepultamento de Valentina ocorreu às 16 horas, na Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos.

A professora e escritora Valentina Wolf Leonel Vieira morreu, aos 97 anos, na madrugada desta segunda-feira. A educadora foi considerada por várias gerações ‘a grande dama’ da sociedade de Santos.

Mineira de Jacutinga, Valentina era a mais velha dos irmãos Wolf, que sempre se destacaram na Cidade pelo envolvimento social e cultural em suas atividades. Considerada símbolo de elegância e refinamento, foi professora de etiqueta para muitos e chegou a escrever livros sobre o tema, dos quais adorava falar e incentivar novos hábitos, sempre com toque de classe.

Mineira de Jacutinga, Valentina era a mais velha dos irmãos Wolf

A professora morava em Santos desde 1936, quando conheceu e casou-se com Homero Leonel Vieira, depois de passar uma temporada na Cidade, em visita a uma tia. O casal teve quatro filhos: Eduardo, Roberto, Homero e José Augusto.

Em 1948, junto ao marido, foi diretora do Tênis Clube de Santos. Valentina também se dedicava a trabalhos sociais, como o Centro de Valorização da Vida.

Professora de etiqueta moderna e postura, estudou Civilização e Cultura Francesa na Universidade de Sorbonne, em Paris.
Nos últimos anos, com invejável jovialidade, apesar da idade, costumava dizer que não era saudosista. “O passado foi lindo, mas passou”, disse certa vez, durante entrevista.

O neto, Ricardo Leonel Vieira demonstrou a admiração pela avó. “Era uma pessoa querida, que atravessou várias gerações e fez amigos de todas as idades e setores. É uma saudade enorme”.

A irmã, Thereza Bueno Wolf diz que Valentina não queria que chorassem. “Ela foi uma irmã muito querida, cuidadosa e boa. Temos as melhores lembranças.”.

O sepultamento de Valentina ocorreu às 16 horas, na Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos.

email
Categoria: Artigo, Comportamento, Principal

Sem Comentários ainda.

Deixe seu Comentário