20:04 pm - segunda-feira, 16 outubro , 2017

Ferrovia onde houve descarrilamento deve ser liberada na terça, diz ALL

Publicado Por | 07/01/2013 | 0

Acidente envolveu duas locomotivas e 18 vagões nesta segunda-feira (7).
Veículos carregados com açúcar e grãos iriam para o Porto de Santos.

A ferrovia na Serra do Mar em que duas locomotivas e 18 vagões descarrilaram deve ser liberada nesta terça-feira (8), segundo a América Latina Logística (ALL), empresa que administra a linha férrea. O acidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (7), na altura de São Vicente, no litoral de São Paulo.

Vagões ficaram totalmente destruídos e carga se espalhou pela pista (Foto: Arquivo Pessoal)

Os estragos ficaram espalhados por cerca de 70 metros de ferrovia. Uma equipe da Cetesb foi enviada ao local para verificar uma possível contaminação de um córrego que teria ficado poluído após o acidente.

Segundo a ALL, o maquinista que conduzia a composição sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para atendimento médico. No que se refere à jornada do maquinista, a empresa diz que ele passou por período de descanso em alojamento no município de Embu Guaçu antes de assumir a condução do trem, na tarde de domingo (6).

A América Latina Logística afirma ainda que abriu uma sindicância para apurar as causas do acidente. A análise considera, entre outros aspectos, as informações contidas no computador de bordo da locomotiva.

Os trabalhos de remoção da carga e dos vagões estão sendo conduzidos por técnicos e engenheiros ambientais da ALL e acompanhados pela Cetesb. A empresa afirma ainda que foram instaladas barreiras de contenção preventivas em córrego da região para estancar possível vazamento de combustível da locomotiva.

Em nota, a Sabesp esclarece que o abastecimento de água não foi afetado pelo ocorrido. A companhia tranquiliza a população uma vez que o manancial não estava sendo utilizado para abastecimento público. Ainda assim, informamos que o córrego está sendo monitorado pelos órgãos competentes.

Colisão
O acidente aconteceu por volta das 2h10, na altura da cidade de São Vicente, em um local de difícil acesso. De acordo com a América Latina Logística (ALL), empresa que administra a linha férrea na região, o trem colidiu com a cauda de um outro trem de cargas que aguardava a entrada no pátio ferroviário, no km 100 da ferrovia, na Serra do Mar. Os vagões da empresa estavam carregados com açúcar e grãos. Aproximadamente mil toneladas de carga ficaram espalhadas pelo chão.

Uma das máquinas pegou fogo, que foi contido posteriormente pelas equipes de atendimento. Segundo o Corpo de Bombeiros de São Vicente, que também foi acionado, o incêndio foi controlado e ninguém ficou ferido. Fonte: G1 Santos e Região

email
Categoria: Brasil, Santos

Sem Comentários ainda.

Deixe seu Comentário