09:13 am - quarta-feira, 18 outubro , 2017

Vereadora de IlhaBela contesta novas regras na travessia de Balsas

Publicado Por | 13/01/2013 | 0
Vereadora de Ilhabela, Benedita Maria Gonzaga de Campos (Professora Dita – PTB)
Vereadora de Ilhabela, Benedita Maria Gonzaga de Campos (Professora Dita – PTB)

A vereadora de Ilhabela Benedita Maria Gonzaga de Campos (Professora Dita – PTB) enviou ofício à Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A nesta semana requerendo informações sobre as novas regras de travessia de balsas entre São Sebastião e o arquipélago que estipulam a permissão de embarque na fila prioritária apenas aos veículos em situação de emergência a partir do dia 15 de janeiro. Atualmente o benefício é estendido a idosos, gestantes e portadores de deficiência.

 

Vereadora de Ilhabela, Benedita Maria Gonzaga de Campos (Professora Dita – PTB)

Professora Dita cita no documento a Lei Municipal 934/2012 que prevê preferência aos idosos e portadores de necessidades especiais na organização da fila da balsa em seu artigo 1º, aliada à Lei Federal 10.048/2000 que também estipula o atendimento prioritário a idosos, gestantes, lactantes e pessoas acompanhadas por crianças de colo nos artigos 1º e 2º.

“De acordo com as informações recebidas, o esforço da empresa com a adoção dessas medidas visa reduzir o tempo de espera e aperfeiçoar o serviço de travessia por balsas, no entanto esses benefícios não se estenderão aos que utilizam a faixa de embarque prioritário, já que terão que aguardar em filas imensas sob o sol quente de verão, perdendo por muitas vezes compromissos como exames e consultas médicas. Essas questões não estão sendo consideradas”, relata a parlamentar.

Na intenção de sensibilizar a Dersa sobre o problema, a vereadora ainda destaca que o único acesso a Ilhabela é feito por meio da travessia de balsas e a otimização do serviço se faz sim necessária, desde que não haja prejuízo aos usuários que conquistaram o beneficio amparados por Lei. O prazo legal para que a empresa se manifeste quanto ao ofício da vereadora é de até 15 dias.

email
Categoria: LEIA TAMBÉM:, Litoral Norte

Sem Comentários ainda.

Deixe seu Comentário