19:58 pm - segunda-feira, 16 outubro , 2017

Carnaval em Mongaguá vira caso de polícia: apuração em desfile será investigada…

Publicado Por | 24/02/2012 | 0
1_195140727737

 

Sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 – 20h52

Caso de polícia

Apuração de desfiles em Mongaguá será investigada

Créditos: Divulgação/PMM

Comissão desconfiou de irregularidades na apuração

Um inquérito foi instaurado para apurar a fraude na apuração dos desfiles de Mongaguá. Todos os envolvidos na organização do Carnaval devem ser ouvidos.

As pastas com as fichas de avaliação estão na delegacia e fazem parte do inqúerito que investiga o esquema. As notas e justificativas foram preenchidas antes dos desfiles acontecerem. Um documento mostra que a escola de samba Império de Agenor de Campos perderia pontos por se apresentar por buracos entre as alas.

No boletim de ocorrência, o crime é de falsidade ideológica. A fraude foi descoberta no dia 18. A comissão da Prefeitura que fiscaliza o Carnaval suspeitou de irregularidades e pediu oara ver as fichas de avaliação. Os nove jurados foram embora acompanhados pela polícia.

Por respeito ao público que assistiu à festa na Avenida Dudu Samba, os desfiles aconteceram mesmo sem a comissão julgadora. Mas, como não foram dadas notas para os quesitos, o Carnaval de Mongaguá deste ano ficou sem uma escola campeã.

A premiação das escolas campeãs e a contratação dos julgadores oficiais ficou a cargo da Liga das Escolas de Samba de Mongaguá. A Prefeitura teria dado à Liga mais de R$ 280 mil para a festa. Agora, o destino desse dinheiro também terá que ser explicado.

A presidente da Liga não foi encontrada para falar sobre o assunto.

email
Categoria: Carnaval, Comportamento, LEIA TAMBÉM:

Sem Comentários ainda.

Deixe seu Comentário